IPCA com polo no Ave Park de Guimarães

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) vai inaugurar na sexta-feira um polo nas Caldas das Taipas, concelho de Guimarães, que ficará instalado no Avepark – Parque de Ciência e Tecnologia.

Em comunicado, o IPCA estima que neste primeiro ano de funcionamento o polo de Guimarães seja frequentado por mais de 160 estudantes, distribuídos por seis cursos técnicos superiores profissionais: Aplicações Móveis, Apoio à Gestão, Contabilidade e Fiscalidade, Design de Calçado, Mecânica Automóvel, Redes e Segurança Informática.

Esta será a segunda extensão do instituto sediado em Barcelos, depois da abertura, em 2014, de instalações na cidade de Braga, onde são também ministrados cursos técnicos superiores profissionais, recorda a nota de imprensa.

Barcelos. Detido com armas e por violência doméstica contra mulher de 70 anos

Um homem de 70 anos foi ontem detido na cidade de Barcelos pelo crime de violência doméstica, avança a GNR em comunicado.

A detenção, efetuada pelo Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítima Específica do comando territorial de Braga, decorreu com um mandado de detenção devido a um processo de violência doméstica, iniciado há um mês, que envolveu agressões físicas e perssiguição à vítima, também da mesma idade.

No decorrer do mesmo inquérito foram efetuadas duas buscas domiciliárias e uma em veículo, tendo sido apreendidas armas e munições, designadamente, duas carabinas, um revólver calibre .32, uma arma pressão de ar, 139 munições calibre 6,35mm e 961 munições de vários calibres.

O agressor, após ser presente hoje a primeiro interrogatório judicial, ficou proibido de contactar com a vítima por qualquer meio, não se podendo aproximando da mesma, bem como da sua residência.

Barcelos. Piscinas Municipais reabrem após obras de requalificação e beneficiação

Reabriram dia 12 de março as Piscinas Municipais, concluídas que estão as obras de requalificação e beneficiação, que incidiram nos sistemas hidráulico, mecânico, cobertura e envidraçados.

Depois de feitas inspeções regulares de manutenção por técnicos no edifício das Piscinas Municipais, detetou-se a necessidade de renovar e introduzir melhorias ao nível da cobertura e dos equipamentos hidráulicos, mecânicos e da qualidade do ar interior das piscinas, que careciam de obras de requalificação e beneficiação, decorridos que estão quase 18 anos sobre a abertura ao público das Piscinas.

A cobertura do edifício foi alvo de substituição e dotada de um reforço do isolamento térmico que melhorará o comportamento térmico da envolvente exterior, eliminando pontos de infiltrações de água.

Os vãos envidraçados foram reforçados ao nível da estrutura, com a reparação de todos os equipamentos hidráulicos e mecânicos assim como de ventilação. A intervenção na área da ventilação, nomeadamente a substituição do sistema de desumidificação, vai permitir melhorar significativamente a qualidade do ar interior das Piscinas.

Foram ainda substituídas as condutas de aspiração na nave da piscina, substituídos os filtros de areia e renovado o sistema de ventilação/climatização.

A obra teve um custo de 563.605,80€ euros, acrescido de IVA, numa área de implantação de 2.900,00m2.