GNR deteve duo responsável por vaga de assaltos a cemitérios

O Comando Territorial da Guarda Nacional Republicana em Braga informou que o Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do Destacamento de Guimarães, procedeu à constituição de dois arguidos, ambos homens de 25 anos de idade, desempregados, residentes em Abação e Urgeses, por furto de objetos em cemitérios nas freguesias de S. Faustino, Selho S. Cristóvão e Nespereira, do concelho de Guimarães.

A montante está a acão criminosa levada a efeito pelos suspeitos referidos nos últimos dias, concretamente entre 04 e 09 de dezembro, em que além dos danos causados em sepulturas, foram furtadas várias quantidades de objetos em metal que as ornamentavam, que ascendem a elevados prejuízos.

“A acão do NIC da GNR de Guimarães permitiu efetuar a recuperação de vasta quantidade de candeeiros em latão, cujo peso ascende a mais de 80 KG, que os agora arguidos haviam inicialmente escondido em local ermo, procedendo seguidamente à sua venda a sucateiro do concelho de Guimarães, onde os objetos foram apreendidos”, confirmou o comando da GNR de Braga.

Verifica-se que grande parte das peças se encontra danificadas, sendo que as que permanecem em bom estado vão ser entregues aos seus legítimos donos.

Prosseguem as diligências de investigação com vista à recuperação dos objetos ainda em falta, bem como angariação de outros elementos probatórios.

Viana do Castelo. GNR faz nove detidos e apreende armas e mais de 1200 doses de droga no Alto Minho

A GNR deteve hoje, em vários concelhos do distrito de Viana do Castelo, oito homens e uma mulher e apreendeu mais de 1.200 doses de droga e quatro armas proibidas.

Em comunicado, o Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo adiantou que, dos nove detidos, com idades entre os 22 e os 56 anos, sete têm antecedentes criminais.

Dos nove detidos, “quatro acabaram por ser libertados e cinco permanecem sob custódia da GNR para serem presentes ao Tribunal Judicial de Viana do Castelo, no próximo dia 12 de junho”.

A operação contou com o apoio da Unidade de Intervenção, de militares das secções de Informações e Investigação Criminal de Braga, Porto, Aveiro, Viseu, Vila Real e Viana do Castelo, de militares dos diversos postos territoriais, intervenção do Comando de Viana do Castelo e ainda de elementos da PSP de Viana do Castelo.

Segundo a GNR, a operação hoje desencadeada “visou dar cumprimento a 27 mandados de busca domiciliária, um mandado de busca a um estabelecimento comercial e 30 mandados de busca e apreensão a veículos”.

No decurso daquela operação, os militares da GNR apreenderam 455 doses de cocaína, 366 doses de haxixe, seis doses de heroína, quatro armas de fogo (três caçadeiras, sendo que duas de canos serrados e uma carabina de 5,5 mm adulterada) e 20 munições de vários calibres.

Sete armas brancas, uma viatura ligeira, duas balanças de precisão, três LCD, dois ‘tablet’ e 2.730 euros estão também entre os artigos recuperados pela GNR, numa operação que constituiu como arguidos mais cinco homens.

AF Braga. Hoje é o “Dia D” para Associação Desportiva de Esposende

A Associação Desportiva de Esposende (ADE) defronta hoje, no Estádio Cidade de Barcelos, a equipa do Porto D’Ave, esta tarde de sábado às 17: horas, naquela que é a grande final Taça da AF Braga.

Os dirigentes da ADE estão a ultimar a curta viagem para aquela que se espera, para os lados de Esposende, ser um grande dia.

São esperadas milhares de pessoas no estádio em Barcelos, muitas vestidas de vermelho para apoiar uma das equipas históricas do concelho da foz do Cávado.

O transporte entre o Estádio Padre Sá Pereira e o Estádio Cidade de Barcelos é gratuito  através de autocarro, assim como a entrada no estádio.