É de Vila Verde a primeira mulher comandante da GNR do Alto Minho

A primeira mulher nomeada para o “exercício efetivo” de comando na GNR no distrito de Viana do Castelo, vai assumir, na segunda-feira, a liderança do Destacamento Territorial de Arcos de Valdevez, informou hoje aquela força policial. Chama-se Maria Luísa Faria Peixoto e é do concelho de Vila Verde.

Fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo explicou que “é a primeira mulher a comandar, efetivamente” um destacamento da Guarda Nacional Republicana no Alto Minho, sendo que “houve outras situações de mulheres a desempenhar essas funções mas de forma temporária e em regime de substituição”.

Maria Peixoto, 30 anos, é capitão de Infantaria Maria Luísa Faria Peixoto vai substituir o capitão de Infantaria Ricardo Filipe da Silva Cortinhas, que passará a desempenhar as funções de chefe da Secção de Recursos Logísticos e Financeiros deste Comando.

A primeira mulher comandante do Alto Minho possui o mestrado em Ciências Militares, na especialidade de Segurança.

(Notícia completa na próxima edição impressa do Semanário V, 20 de abril)

Apúlia. Professora de Esposende desaparecida de lar encontrada cadáver

Uma utente do Centro Social João Paulo II, situado na freguesia de Apúlia, foi encontrada sem vida, ao final da manhã desta quarta-feira num campo agrícola perto do referido lar.

A professora reformada Rosa Portela, de 80 anos e natural de Esposende, estava desaparecida desde a hora de almoço de ontem.

A família da idosa deu alerta para as autoridades, sendo que os Bombeiros Voluntários de Fão e GNR de Esposende, incluindo uma equipa cinotécnica, encetaram várias buscas desde a tarde de ontem.

As redes sociais também espalharam o desaparecimento da conhecida professora.

No entanto, e depois destas serem suspensas, as buscas foram retomadas hoje de manhã e Rosa Portela foi encontrada sem vida por um residente no lugar de Pedrinhas.

Conhecida pelas dificuldades motoras e com Alzhmeimer, a família procura agora respostas quanto ao que se terá passado com Rosa Portela.

A Polícia Judiciária, ao início da tarde, fez várias diligências no local onde a vítima foi encontrada, mas afasta, numa primeira análise, a hipótese de crime.

Os Bombeiros Voluntários de Fão fizeram o levantamento do cadáver, sendo que este foi transportadas para o Instituto de Medicina Legal do Hospital de Viana do Castelo.

Ensino. IPCA abre Escola Superior de Hotelaria e Turismo já em no próximo ano letivo

A Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Instituto Politécnico do Cávado e Ave (IPCA) vai começar a funcionar no ano letivo 2017/2018, em instalações provisórias em Barcelos e Guimarães, informou hoje aquela academia.

Em comunicado, o IPCA refere que, no seu primeiro ano de funcionamento, aquela escola terá como oferta o mestrado em Gestão do Turismo, a licenciatura em Gestão de Atividades Turísticas e os cursos técnicos superiores profissionais (CTeSP) de Organização em Gestão de Eventos e de Turismo, Natureza e Aventura.

Estes cursos funcionarão, provisoriamente, no campus do IPCA, em Barcelos (licenciatura e mestrado), e no pólo de Guimarães do IPCA, situado no Avepark (CTeSP).

Posteriormente, e a título definitivo, a Escola Superior de Hotelaria e Turismo ficará instalada na Quinta do Costeado, Guimarães, onde irá funcionar como escola-hotel.

Como já adiantou um responsável do IPCA, será uma escola assente no modelo “aprender fazendo”.

A escola integrará um “hotel de charme”, com 10 a 20 quartos, um restaurante de serviço “à la carte”, um bar pedagógico, uma cozinha e laboratórios.

O IPCA já dispõe de três escolas superiores (Gestão, Tecnologia e Design), todas em Barcelos.