Menu

GNR deteve 31 pessoas e 18 por condução sob efeito de álcool

A GNR realizou 31 detenções, a maior parte por condução sob efeito do álcool, e detetou 585 infrações de trânsito, principalmente por excesso de velocidade, resultado de operações efetuadas num conjunto de operações, anunciou hoje a entidade.

Além da sua atividade operacional diária, a Guarda Nacional Republicana (GNR) organizou um conjunto de operações em todo o país, entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, para prevenção e combate à criminalidade violenta e fiscalização rodoviária.

Nestas operações efetuou 31 detenções em flagrante delito, registou 100 acidentes rodoviários e detetou 175 casos de excesso de velocidade. Entre os detidos estão 18 casos de condução sob o efeito do álcool, cinco por condução sem habilitação legal e três por tráfico de estupefacientes.

A GNR apreendeu ainda 35 gramas de estupefacientes, uma arma branca e 405 euros em numerário.

Na ação de fiscalização de trânsito, entre as 585 infrações detetadas, estão, além do excesso de velocidade, 71 situações de condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei e 25 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança ou sistema de retenção para crianças.

Também registou 24 infrações por falta de inspeção periódica obrigatória, nove por uso indevido do telemóvel no exercício da condução, nove por falta de seguro de responsabilidade civil e três por infrações relacionadas com tacógrafos (equipamentos que controlam a velocidade e a distância percorrida pelos veículos).

Os 100 acidentes registados naquelas operações provocaram quatro feridos graves 31 ligeiros.

Jornalista - Carteira Profissional Nº CO/1250