Menu

Barcelos. PJ detém alegado incendiário

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um homem de 46 anos suspeito de ter cometido um crime de incêndio florestal, na terça-feira, em Barcelos.

Em comunicado, a PJ refere que o homem “tem antecedentes criminais por factos idênticos”.

Segundo a polícia, o homem atuou na terça-feira “num quadro de alcoolismo” e ateou o fogo “com recurso a um isqueiro, numa mata junto da sua residência, também na proximidade de outras habitações”.

As chamas, indica a PJ, só não atingiram maiores proporções “devido à rápida intervenção dos bombeiros”.

Jornalista - Carteira Profissional Nº CO/1250