Menu

Marinhas. Inglês atropelado na Marginal por taxista e habitantes alertam para “passadeira perigosa”

Um cidadão britânico foi atropelado esta noite de segunda-feira, em Esposende, quando atravessava passadeira na conhecida Marginal. Segundo foi possível apurar no local, o homem, com 50 anos e oriundo da Inglaterra, foi colhido por taxista. Vários moradores e utentes da Marginal, queixam-se do “perigo das passadeiras” devido à ausência, por exemplo, de lombas.

“O taxista diz que não se percebeu da entrada do homem na passadeira. As passadeiras deviam estar melhores sinalizadas e devia existir lombas”, afirmou Filipa Gomes, residente no local.

O acidente aconteceu no sentido norte / sul, junto ao Forte São João Batista, na passadeira que dá acesso ao aldeamento “Suave Mar”. A vítima foi socorrida pelos Bombeiros Voluntários de Esposende, que deslocaram para o local a ambulância INEM.

Os ferimentos da vítima foram ligeiros e esta recusou ser transportada ao hospital, apesar da insistência de alguns amigos do cidadão britânico que se encontra hospedado no Hotel Suave Mar.

A GNR de Esposende, que tomou conta da ocorrência, confirma a existência de alguns acidentes nas passadeiras que atravessam a Marginal e que os habitantes desta zona – e peões da via – se queixam, pois há determinadas horas que a velocidade dos veículos coloca em perigo quem anda nos meios de mobilidade suave e peões.

Jornalista - Carteira Profissional Nº CO/1250