Menu

Viana do Castelo. GNR faz nove detidos e apreende armas e mais de 1200 doses de droga no Alto Minho

A GNR deteve hoje, em vários concelhos do distrito de Viana do Castelo, oito homens e uma mulher e apreendeu mais de 1.200 doses de droga e quatro armas proibidas.

Em comunicado, o Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo adiantou que, dos nove detidos, com idades entre os 22 e os 56 anos, sete têm antecedentes criminais.

Dos nove detidos, “quatro acabaram por ser libertados e cinco permanecem sob custódia da GNR para serem presentes ao Tribunal Judicial de Viana do Castelo, no próximo dia 12 de junho”.

A operação contou com o apoio da Unidade de Intervenção, de militares das secções de Informações e Investigação Criminal de Braga, Porto, Aveiro, Viseu, Vila Real e Viana do Castelo, de militares dos diversos postos territoriais, intervenção do Comando de Viana do Castelo e ainda de elementos da PSP de Viana do Castelo.

Segundo a GNR, a operação hoje desencadeada “visou dar cumprimento a 27 mandados de busca domiciliária, um mandado de busca a um estabelecimento comercial e 30 mandados de busca e apreensão a veículos”.

No decurso daquela operação, os militares da GNR apreenderam 455 doses de cocaína, 366 doses de haxixe, seis doses de heroína, quatro armas de fogo (três caçadeiras, sendo que duas de canos serrados e uma carabina de 5,5 mm adulterada) e 20 munições de vários calibres.

Sete armas brancas, uma viatura ligeira, duas balanças de precisão, três LCD, dois ‘tablet’ e 2.730 euros estão também entre os artigos recuperados pela GNR, numa operação que constituiu como arguidos mais cinco homens.

Jornalista - Carteira Profissional Nº CO/1250