Braga com um concelho em risco máximo de incêndio

O risco de incêndio é hoje máximo em 23 concelhos de Portugal continental, principalmente no norte e centro do país, e muito elevado em cerca de uma centena de outros distribuídos por todo, segundo dados do IPMA.

Na sua página na internet, mais a norte, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) estima um risco de incêndio máximo nos concelhos de Vila Pouca de Aguiar e Ribeira de Pena, no distrito de Vila Real, e Cabeceiras de Basto, no distrito de Braga.

No distrito de Viseu são os concelhos de Castro Daire, Vila Nova de Paiva e Moimenta da Beira que apresentam risco máximo, enquanto que no distrito da Guarda a lista inclui Aguiar da Beira, Trancoso, Fornos de Algodres, Celorico da Beira, Gouveia, Sabugal e Guarda.

Arganil, Pampilhosa da Serra, Góis (distrito de Coimbra), Oleiros e Sertã (Castelo Branco), Pedrogão Grande (Leiria), Vila de Rei (Castelo Branco), Mação e Sardoal (Santarém) são os restantes concelhos em risco máximo de incêndio a que se junta Monchique (Faro) o único mais a sul.

Na informação meteorológica do IPMA, estão oito distritos de Portugal continental sob ‘Aviso Amarelo’ devido à previsão de temperaturas elevadas.

Bragança, Évora, Guarda, Vila Real, Setúbal, Santarém, Beja e Castelo Branco são os distritos com ‘Aviso Amarelo’, o terceiro mais grave numa escala de quatro e significa “risco para determinadas atividades”.

No arquipélago da Madeira, o ‘Aviso Amarelo’ é para tempo quente, mas também para o vento nas costas norte e sul, assim como na região montanhosa, enquanto em Porto Santo é só para a temperatura.

Braga. Vereadora Lídia Dias eleita para a Comissão Política do CDS

Lídia Dias, vereadora da Educação e Cultura da Câmara de Braga foi eleita como vogal para a Comissão Política do CDS-PP, integrando a lista dos órgãos nacionais eleitos no 27.º Congresso do CDS-PP, que decorreu em Lamego.

Licenciada em Educação de Infância pela Universidade do Minho e pós graduada em Supervisão e Pedagogia da Infância, foi educadora de Infância entre 1999 e 2013 numa instituição privada da cidade de Braga e responsável pela coordenação pedagógica da Educação Pré-Escolar no mesmo estabelecimento de ensino entre 2006 e 2013, altura em que assumiu funções executivas na Câmara de Braga.

Para além da vereadora, foram ainda eleitos mais dois vogais para o Conselho Nacional – Mário João Araújo e João Miguel Lemos.

Bombeiros. Esposende, Barcelos e Barcelinhos a caminho de Góis

Solicitado pelo Comando Distrital Operações de Socorro (CDOS) de Braga, os corpos de Bombeiros Voluntários de Esposende, Barcelinhos e Barcelos estão a caminho de Góis, distrito de Coimbra.

Estas corporações vão integrar o Grupo de Reforço para Incêndios Florestais (GRIF), composta ainda por bombeiros de Guimarães, Amares, Taipas e de Vila Nova de Famalicão.

Nas últimas horas, mais de uma centena de pessoas teve que ser retirada da zona de Góis devido ao violento aproximar das chamas.

“O incêndio aumentou nas últimas horas”, afirma a Autoridade Nacional de Proteção Civil, acrescentando que 18 aldeias de Góis já foram evacuadas.