Menu

CDS de Esposende avança com Laboratório de Ideias e prepara programa eleitoral

A reunião da Comissão Política do CDS de Esposende confirmou na passada sexta feira, a criação do “Observatório de ideias”.

Reunidos no hotel Ofir, espaço mítico para os Centristas, que João Lopes fez questão de escolher para reunir os seus mais directos representantes do Partido em Esposende. Sabe o Jornal Notícias de Esposende que a comissão política pretende manter o seu quartel general precisamente no hotel Ofir de modo a manter a mística de 83.

Recorde-se que entre 1983 e 1985 foi precisamente naquele hotel que Francisco Lucas Pires reuniu um grupo que viria a preparar uma reforma do estado que está aliás plasmada no livro ‘O Caminho da Sociedade Aberta’, “Governava o Bloco Central e os tempos eram de vacas magras”. Da equipa faziam parte, entre muitos outros, Bagão Félix, Rui Moura Ramos, José Luís Vilaça, Paulo Portas, Lobo Xavier, Fernando Adão da Fonseca e António Borges.

Nesta primeira reunião a grande preocupação passou por estabelecer pontes entre todos os presentes e deixar espaço de debate para alicerçar o pensamento e estratégia autárquica do partido no futuro, garantindo que o CDS irá a votos nestas autárquicas.

Avançará assim, já na primeira semana de Fevereiro o Observatório de Ideias Centrista que pretende abordar as grandes bandeiras do partido no concelho, desenvolvendo linhas de pensamento estratégico sectorial, para instruir propostas e para começar a definir o seu programa de governo municipal.

O CDS irá, já na próxima da reunião do Observatório apostar na análise da situação da rede cuidados saúde no concelho, seguindo-se temas como o ambiente, cultura, Turismo, coesão social e Educação. Temas que irão marcar o discurso do partido nos próximos tempos. Este observatório contará com convidados externos e internos e começará a sua primeira mesa redonda já na primeira semana de fevereiro.

A reunião que contou com a presença da vereadora eleita, Dra Berta Viana serviu ainda para esclarecer que o CDS está empenhado na definição de um projecto vencedor nas próximas autárquicas de Esposende. O partido irá a votos e reforçará os seus mandatos autárquicos, garantiu o Presidente da Comissão Politica ao JNE.
Segundo João Lopes o CDS reforçará a sua influencia autárquica, devolvendo aos Centristas o orgulho e a alegria do sabor da vitória na noite eleitoral, com a conquista de mais mandatos em Esposende.

Um desígnio que quer João Pedro Lopes, quer Berta Viana fizeram questão de deixar claro a todos os presentes.