Menu

Investimento de 200 mil euros para arranjos e capela em Rio Tinto

A Câmara de Esposende (CME) aprovou investimento de 200 mil euros para a construção de uma capela mortuária de apoio ao Cemitério Paroquial de Rio Tinto, bem como à requalificação do Salão Paroquial de Rio Tinto e arranjo da zona envolvente.

Reconhecendo a importância da existência destas infraestruturas, a câmara sustenta estes apoios com a necessidade de “conferir condições dignas a todos os cidadãos que durante as cerimónias fúnebres querem zelar pelos seus entes queridos”.

Em Rio Tinto a autarquia procedeu ao alargamento do cemitério, numa intervenção que permitiu criar 56 sepulturas e disponibilizar espaço para, posteriormente, serem construídos nove jazigos, num investimento de 156 mil euros.

“Brevemente, terá início a obra de construção da capela mortuária e de requalificação do Salão Paroquial e arranjo da zona envolvente, intervenções que vinham sendo reivindicadas há muitos anos tanto pela Fábrica da Igreja como pela população”, indicou a CME em nota de imprensa..

Jornalista - Carteira Profissional Nº CO/1250