Menu

Mau tempo. Bombeiros de Esposende e Fão com noite e manhã de trabalhos

Mais de 15 ocorrências relacionadas, oficialmente, com o mau tempo levaram os bombeiros do concelho de Esposende a noite e um início de manhã de imenso trabalho. Segundo apurou o V, maioria das situações estou relacionadas com quedas de árvores e pequenas infra-estruturas.

Os Bombeiros Voluntários de Esposende e os Fão socorreram várias situações, mas segundo os comandos de ambas corporações, sem grande gravidade. Todas as freguesias do concelho foram afetadas pelo mau tempo, havendo msmo temporariamente corte de estradas locais e nacionais.

Palmeira de Faro, Curvos, Apúlia, Fão, Marinhas, Antas, estão entre os locais mais afetados. A Proteção Civil da CM Esposende e a Polícia Marítima mantêm condicionado o acesso à Praça da Lampreia.

Já no resto do país, uma mulher desaparecida, queda de árvores e de estruturas e cortes de eletricidade são algumas das principais ocorrências devido ao mau tempo, que atingiu durante a noite e madrugada sobretudo o norte do país, segundo a Proteção Civil.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) registou entre as 20:00 de quarta-feira e as 12:00 de hoje 780 ocorrências relacionadas com o mau tempo, 550 das quais desde a madrugada e a maioria associadas a quedas de árvores e de estruturas.

Os distritos mais afetados foram os do Porto e Braga, segundo o adjunto de operações nacional da ANPC Marco Martins.

No distrito de Braga, os bombeiros receberam, durante a última noite, mais de 50 pedidos de ajuda, praticamente todos referentes a quedas de árvores, informou hoje fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS).

A mesma fonte adiantou que não há registo de quaisquer danos pessoais no distrito. Um troço da autoestrada A28, em Viana do Castelo, reabriu hoje de manhã, depois de ter estado interdito pela queda de um painel de sinalização.

No país mantêm-se hoje de manhã encerradas as barras de Caminha, Viana do Castelo, Vila Praia de Âncora, Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Douro, Aveiro, Figueira da Foz, Nazaré, São Martinho do Porto e Alvor, de acordo com a atualização feita às 10:00 no portal da Marinha.

Os distritos da região norte – Aveiro, Viseu, Guarda, Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real e Bragança – estão também hoje com aviso laranja, decretado pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera, nalguns casos devido ao forte vento, noutros também por causa da chuva.

Alguns avisos laranja prolongam-se até às 06:00 de sábado por causa do vento e da agitação marítima, como são os casos de Aveiro, Porto, Braga e Viana do Castelo, enquanto nos distritos de Viseu, Guarda, Vila Real e Bragança os avisos laranja estendem-se por causa do vento, que pode atingir rajadas de 120Km/h.

 

Jornalista - Carteira Profissional Nº CO/1250