Menu

Marinhas. Câmara de Esposende vai proceder à requalificação da zona central

Integrado no Plano de Investimento nas Freguesias, o Município de Esposende vai avançar com a Requalificação da Zona Central de Marinhas, dando cumprimento a uma reivindicação antiga da população e contribuindo para a valorização urbanística daquela área.

Com um custo estimado de aproximadamente 323 000 euros, a intervenção pretende reforçar a noção de centralidade da zona envolvente à Igreja Paroquial de Marinhas. Neste sentido, será privilegiada a circulação pedonal, considerando que a abertura dos novos eixos viários previstos para a zona possibilitará a redução progressiva da intensidade da circulação automóvel.

Atualmente com uma largura variável, a Avenida da Igreja passará a ter uma faixa de rodagem uniforme com 6 metros de largura, mantendo-se a circulação rodoviária nos dois sentidos, e a ligação com a Estrada Nacional 13 será alterada com a eliminação da ilha separadora existente.

A intervenção prevê a elevação e uniformização da cota dos pavimentos na Avenida da Igreja, desde a zona da passadeira, na Rua Conde de Madimba até ao fim do largo a norte da igreja e na Rua Padre Francisco Dias Cubelo Soares até às ruas de S. Miguel e da Várzea.

A Rua Conde de Madimba, que faz a ligação ao Centro de Educação Ambiental, manterá os dois sentidos, com uma faixa de rodagem de 4,80 metros e com passeios de ambos os lados da faixa de rodagem até ao cruzamento com a futura via paralela à Estrada Nacional 13, a nascente da igreja, e apenas do lado sul até à Rua de Devesa. A Rua Padre Francisco Dias Cubelo Soares manter-se- á com sentido único, com redução da faixa de rodagem para 3,5 metros.

O estacionamento será limitado a três bolsas, duas na Avenida da Igreja, com 19 lugares na perpendicular do lado norte e 2 lugares em paralelo do lado sul reservados a pessoas com mobilidade condicionada, e outra, com 8 lugares em paralelo, na Rua Padre Francisco Dias Cubelo Soares.

A intervenção contempla, ainda, a renovação das redes de abastecimento de água, de drenagem de águas pluviais e de saneamento, e das redes das infraestruturas elétricas e de telecomunicações. “Desejada há muitos anos, a Requalificação da Zona Central de Marinhas é das mais importantes intervenções a concretizar em todo o concelho no âmbito do Plano de Investimento nas Freguesias”, sublinha o Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, clarificando que “a requalificação irá permitir criar organização na envolvente da Igreja Paroquial, uniformizando e conferindo maior nobreza a todo aquele espaço”.

Benjamim Pereira lembra que “apesar de esta ser uma intervenção reivindicada há muito tempo, e de, inclusivamente terem sido avançadas propostas de intervenção para aquela zona, nunca foi executada qualquer solução”, manifestando, por isso satisfação pela concretização de tão importante obra.