Menu

CEA. Quase um milhar de participantes no mês da ciência

O Centro de Educação Ambiental (CEA) do Município de Esposende promoveu a iniciativa “Janeiro, mês da Ciência”, que envolveu quase um milhar de participantes, entre alunos, professores e população em geral.

No que diz respeito à comunidade educativa, e no âmbito do trabalho em parceria com o Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental, foram realizadas pelos investigadores do CIIMAR seis sessões de Oficinas da Ciência que tiveram lugar em quatro estabelecimentos de educação e ensino/instituições, e que contaram com a participação de mais de 150 “cientistas”, entre crianças, jovens e professores.

Já no dia 12 de janeiro foi apresentada, no Auditório Municipal, a peça de teatro “A menina que colecionava lixo!”, pela Associação Cultural Muzumbos. Nesta peça foram abordadas diversas temáticas ambientais, com particular destaque para a importância da Política dos 3R’s (Reduzir, Reutilizar e Reciclar) e a sua aplicação através da arte, da música e da representação, bem como a necessidade de cuidar do planeta. Foram realizadas três sessões, que contaram com a participação de cerca de 600 alunos e professores provenientes de 13 estabelecimentos de educação e ensino concelhios.

Nas instalações do centro de Educação Ambiental, esteve patente ao público a exposição temporária “Desertos, a vida no limite”, desenvolvida pelo Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Vila do Conde. Foram vários os estabelecimentos de educação e ensino que, após participarem em diversas outras iniciativas, aproveitaram a deslocação ao CEA para visitarem a exposição.

Mas para além de atividades dirigidas à comunidade educativa, o programa do evento incluiu também iniciativas para a comunidade em geral, como o workshop “Hoje é dia de: Aquaponia – Como cultivar sem solo?”. O número elevado de pessoas interessadas em inscrever-se na ação de formação, com o intuito de aceder a informação sobre esta técnica inovadora, obrigou o Centro de Educação Ambiental a limitar o número de inscritos. Os 35 formandos que participaram na ação orientada por João Cotter e Orlando Rodriguez, responsáveis da empresa Aquaponics Iberia, tiveram a oportunidade de conhecer e perceber quais as técnicas envolvidas no processo de produção sustentável de peixes e hortícolas em simbiose. No workshop foi, ainda, possível visualizar o funcionamento de um circuito aquapónico demonstrativo.

Até final do ano letivo, o Centro de Educação Ambiental dará continuidade ao desenvolvimento de iniciativas ligadas às questões ambientais, sendo de destacar as comemorações dos 20 anos de educação ambiental em Esposende, que terão o auge ao longo da Semana da Biodiversidade, em maio.