Menu

Esposende. Nove habitações requalificadas em 2016

O presidente da Câmara de Esposende, Benjamim Pereira, visitou simbolicamente três das nove habitações requalificadas em 2016. Requalificações estas que implicaram um maior investimento financeiro, no âmbito do Programa de Apoio à Requalificação de Habitações Degradadas, cuja operacionalização é suportada através de protocolo de cooperação celebrado com a Associação Esposende Solidário.

No ano passado, foram apoiados nove agregados familiares, num total de 21 pessoas, residentes em diferentes freguesias do concelho, traduzindo-se num investimento municipal de aproximadamente 70 mil euros.

As intervenções consistiram em obras de reabilitação de edifícios degradados, nomeadamente duas reconstruções do espaço habitacional existente, sendo que numa delas a mão-de-obra foi assumida pela referida empresa e a Câmara forneceu os materiais de construção, três habitações com beneficiação na cobertura, sendo que numa a Câmara forneceu os materiais de construção e a família assegurou a mão-de-obra. As restantes habitações foram beneficiadas com intervenções diversas relativas a substituição de pavimentos interiores, beneficiações de casas de banho e cozinhas, pinturas interiores e impermeabilização de paredes exteriores.

Desde 2010, o Município, em parceria com a Associação Esposende Solidário, dispõe de um programa de apoio habitacional dirigido a famílias detentoras de uma habitação, mas que pela sua condição socioeconómica se viam impossibilitadas de realizar as necessárias obras de manutenção do seu imóvel, próprio e permanente. O pedido de apoio habitacional é frequentemente despoletado pelo próprio munícipe, ou encaminhado por uma das entidades referidas, passando a situação a ser alvo de acompanhamento e necessária avaliação.

Durante este período foram abrangidas 47 famílias e concretizado um investimento financeiro global do Município no valor de 330 mil euros.

Acompanhado da vereadora da Coesão Social, Raquel Vale, e do presidente da Associação, Fortunato Boaventura, o autarca deslocou-se a Palmeira de Faro, Vila Chã e Forjães, onde, juntamente com os respetivos Presidentes de Junta e Equipa Técnica do Município responsável pelo Programa, teve oportunidade de conferir a melhoria das condições de habitabilidade das três famílias beneficiárias.