Menu

GNR. Peças automóveis de Esposende entre as centenas de componentes apreendidos em Vila do Conde

Mais de uma centena de motores de carros “viciados e roubados”, bem como de caixas de velocidades e de outros componentes automóveis foram apreendidos em Vila do Conde, anunciou hoje a GNR. Alguns dos componentes automóveis pertencem a viaturas roubadas nos concelhos de Esposende e Barcelos.

Em comunicado, a GNR afirma que as apreensões foram feitas há uma semana, na localidade de Fornelo, Vila do Conde, distrito do Porto, no âmbito de uma investigação por furtos de veículos. As peças estiveram entretanto a ser identificadas.

“Os militares da GNR detetaram a existência de componentes referentes a cerca de cem veículos furtados, em locais situados entre Viana do Castelo e Figueira da Foz, desde 2009”, quando realizavam uma busca a um armazém de peças automóveis, acrescenta.

O comandante do Destacamento territorial de Santo Tirso da GNR, alferes Ribeiro disse hoje que nesta operação, que envolveu cerca de 12 militares, foram identificados quatro indivíduos.

Segundo o responsável, um grupo de indivíduos dedicava-se alegadamente ao furto de viaturas para depois as desmantelar.

Os números de identificação dos componentes, ou parte deles, eram depois “rasurados”, sendo que o destino final das peças era a comercialização, acrescentou.

Até ao momento a GNR apreendeu 159 motores, 174 caixas de velocidades, centenas de bancos, ‘tabliers’, ‘capots’, tejadilhos, portas, tubagens e depósitos, entre outros componentes.

Esta ação contou com o apoio de mergulhadores forenses do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) para despistar a eventual existência de chassis e de outros componentes nas águas do rio Ave, mas nada foi ali encontrado, acrescentou o alferes Ribeiro.

O comandante disse ainda que as investigações vão continuar.

Jornalista - Carteira Profissional Nº CO/1250