Menu

Barcelos. Homicidios em Tamel São Veríssimo provocado por processo em tribunal

Uma ação em tribunal sobre violência doméstica terá provocado a morte a quatro pessoas, esta manhã de sexta-feira (24), em Tamel São Veríssimo, concelho de Barcelos.

Uma mulher grávida de sete meses está entre as quatro vítimas mortais do “massacre” levado a cabo, alegadamente, por Adelino Briote, homem de 62 anos que estaria com pulseira eletrónica por violência doméstica, depois de agredir a mulher e a filha, o que motivou divórcio.

A mulher grávida tem ainda uma filha de dez anos, que já estará a ser alvo de apoio psicológico, assim como restantes familiares das vítimas.

O homem terá pedido às vítimas para testemunharem a seu favor em tribunal, contra a mulher, mas os vizinhos terão recusado.

Segundo uma vizinha, Alzira Farinhas, “bocas” terão motivado o agressor a vingar-se das vítimas

As vítimas são um casal de octagenários, uma mulher de 60 anos e a mulher grávida.

O alegado homicida já se terá entregue à GNR.

(Notícia completa na edição impressa do Semanário V, a 29 de março)