Menu

Tribunais. Preventiva para alegado quadruplo homicidio de Barcelos

Adelino Briote, detido na sexta-feira em Barcelos por suspeitas de quatro homicídios, incluindo de uma grávida, na freguesia de São Veríssimo, ficou hoje em prisão preventiva.

A decisão de um juiz de instrução criminal do Tribunal de Braga foi justificada por se verificarem “todos os perigos previstos” no artigo 204 do Código do Processo Penal.

Em causa estão os perigos de fuga, de perturbação do decurso do inquérito, de continuação da atividade criminosa e de perturbação da ordem e tranquilidade públicas.

O arguido, de 63 anos, está indiciado de quatro crimes de homicídio qualificado.

O homem saiu do tribunal de cabeça tapada por um casaco e foi apupado por alguns populares, tendo sido conduzido pela Polícia Judiciária ao Estabelecimento Prisional de Braga.

O arguido terá matado à facada, na sexta-feira, quatro vizinhos em S. Veríssimo, Barcelos.

 

Jornalista - Carteira Profissional Nº CO/1250