Menu

IRS. “Benjamim Pereira é um Robin dos Bosques mas ao contrário”

O presidente do CDS-PP de Esposende, João Pedro Lopes, considerou que o atual autarca de Esposende, Benjamim Pereira, se tornou o “Robin dos Bosques” ao contrário com a decisão de não retribuir IRS aos munícipes.

“Benjamim Pereira passa agora os fins de semana a pregar tábuas de inauguração e a distribuir dinheiro. Fecha-se depois no gabinete de onde saem decisões como esta em que, uma vez mais, a Câmara de Esposende não devolve IRS aos munícipes”, disse ao V.

Conhecido agora o mapa de devoluções, com mais de 100 municípios a decidir devolver parte da coleta de IRS a favor dos munícipes, há edilidades, como  Ponte Lima, que devolvem o máximo permitido de 5%. Outras, como Póvoa Varzim, Braga ou Fafe, devolvem parte do valor.

Sobre este assunto, João Pedro Lopes recordou que “pelo menos há algo coerente nesta atitude de Benjamim Pereira”.

“Contrariamente ao que quiz fazer parecer no início, pelo menos é coerente. Nunca devolveu um cêntimo aos munícipes e aqui se vê a sensibilidade social”, refere João Lopes em nota enviada ao V, acrescentando ainda que se sente “envergonhado com esta decisão” e relembrou que “Robin dos Bosques tirava dos ricos para dar aos pobres mas Benjamim Pereira tira aos esposendenses para depois fazer inaugurações”.

Jornalista - Carteira Profissional Nº CO/1250