Menu

Ambiente. Esposende investe em viaturas elétricas

A empresa municipal Esposende Ambiente vai proceder à aquisição de duas viaturas elétricas para os seus serviços ambientais, ao abrigo de um programa do Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente.

Em cerimónia presidida pelo Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, e onde marcaram também presença o Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, e o Secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes, decorreu no passado dia 23 de maio, em Porto de Mós, a Cerimónia de Assinatura dos Contratos de Financiamento de Aquisição de Viaturas Elétricas de Serviços Urbanos Ambientais

A Esposende Ambiente candidatou-se a este programa para promover a aquisição de duas viaturas elétricas, uma destinada à limpeza urbana e outra para apoio a serviços ambientais, nomeadamente para a fiscalização ambiental. A aquisição terá um custo total de 51 702,27 euros e um financiamento de 24 467,36 euros, prevendo-se a chegada das viaturas ainda este verão.

Sendo a componente ambiental um fator de valorização das estratégias municipais e um gerador de oportunidades, esta medida insere-se no âmbito das ações previstas no Plano Estratégico Municipal de Gestão Sustentada da Energia e no Pacto de Autarcas e constitui um dos muitos passos dados no que diz respeito à mais sustentada gestão energética e, em concreto, à adequação da frota municipal de Esposende a este novo paradigma, substituindo viaturas movidas a combustíveis fósseis por viaturas elétricas.

Visando, assim, contribuir para as metas nacionais em matéria de redução de emissões de carbono, o Ministro do Ambiente assinalou que este constitui um desígnio de Portugal, que passa por reduzir em 26% as suas emissões de carbono até 2030, sendo que, para tal, o rumo “passa por uma utilização maior quer de meios suaves de deslocação quer do transporte coletivo”.

De realçar que o Fundo Ambiental tem por finalidade apoiar políticas ambientais para a prossecução dos objetivos do desenvolvimento sustentável, contribuindo para o cumprimento dos objetivos e compromissos nacionais e internacionais, designadamente os relativos às alterações climáticas, aos recursos hídricos, aos resíduos e à conservação da natureza e biodiversidade.