Menu

Escolas. Greve geral dos professores “sem expressão” em Esposende

A greve geral dos professores convocada pela Federação Nacional dos Professores (Fenprof) marcada para esta quarta-feira, não teve qualquer impacto nos diferentes agrupamentos escolares de Esposende.

Aliás, segundo as direções dos vários agrupamentos, houve apenas um professor a fazer greve, na Escola Básica António Rodrigues Sampaio.

Segundo o adjunto da direção, João Paulo, “todos os serviços foram cumpridos e, até ao momento, só temos um professor a fazer greve”, indicou.

Já na Agrupamento Verfical das Escolas António Correia de Oliveira, não houve qualquer adesão, segundo avançou o diretor, Albino Neiva. “Está tudo a correr normalmente, quer no primeiro ciclo quer nos equivalentes a frequências”, indicou o diretor.

Também no ensino secundário não se registou qualquer problema. Segundo Avelino Santos, sub diretor da Escola Secundária Henrique Medina, s todos os 41 docentes cumpriram com os horários.

A Fenprof avança com números de adesão a nível nacional na ordem dos 30 por cento.