Esposende. Concurso Gastronómico desafia crianças e jovens a ser “Fish Chefe”

Integrado na iniciativa “Março com Sabores do Mar”, o Município de Esposende vai promover a terceira edição do concurso gastronómico “Fish Chefe”, direcionado para as escolas do concelho.

Os jovens do 3.º Ciclo do Ensino Básico, e, este ano, também os jovens do ensino secundário, são convidados a ser “Fish Chefes” e a mostrarem os seus dotes culinários na preparação de pratos de peixe. O concurso irá decorrer entre os próximos dias 20 e 22 de março, com eliminatórias nas escolas aderentes. A final terá lugar no dia 22, a partir das 14h30, no Espaço Sabores do Mar, instalado no Largo Rodrigues Sampaio, dando, assim, oportunidade às famílias e à comunidade de assistirem à prestação dos “Fish Chefes”. Nesta edição participam as 5 escolas com 3.º CEB e Ensino Secundário, num total de cerca de 200 alunos. Registando-se uma forte adesão por parte das escolas e de todos os alunos na iniciativa.

O concurso tem como principal objetivo incentivar ao consumo de peixe, constituindo um incentivo pedagógico para o consumo deste importante alimento, por vezes rejeitado pelas crianças e jovens. As duas anteriores edições resultaram num sucesso, quer pelo elevado número de participantes, quer pelo entusiasmo gerado em torno da competição.

O “Fish Chefe” traduz-se, assim, numa atividade divertida que não só apela ao consumo de peixe como ao conhecimento dos produtos endógenos do concelho, ajudando os mais novos na aquisição de competências de empreendedorismo e trabalho em equipa, melhorando a sua autoestima e confiança.

Voltam a associar-se ao Município na organização desta iniciativa o Supermercado Jaju, a Forte Store e a ACICE – Associação Comercial e Industrial do Concelho de Esposende.

Para além deste concurso e igualmente como forma de despertar junto dos jovens o interesse pelo consumo de peixe, o Município, em colaboração com o ISAVE – Instituto Superior de Saúde, desenvolve a atividade “O peixe é Fish”. Através de uma atividade associada às ciências experimentais, pretende-se envolver os alunos do ensino secundário, de forma a que este possam perceber a importância do peixe na sua alimentação e os benefícios que este alimento apresenta para o seu saudável desenvolvimento.

Esposende. Município assinala Dia Mundial do Teatro

O Município de Esposende vai levar a efeito, no próximo sábado, dia 17 de março, pelas 21h30, no Auditório Municipal de Esposende, a apresentação da peça “Leandro, Rei da Helíria”, pela Companhia de Teatro ARCA.

O espetáculo insere-se nas comemorações do Dia Mundial do Teatro, que se assinala a 27 de março, e tem entrada gratuita. Os ingressos estarão disponíveis a partir das 20h30, no Auditório Municipal, podendo as reservas ser efetuadas através do telemóvel 930 479 093 ou do e-mail ana.ferreira@cm-esposende.pt.

“Leandro, Rei da Helíria” é um espetáculo para toda a família, onde os mais pequenos vibram com uma fantástica história de reis, príncipes e princesas e os mais velhos se deliciam com o enredo e simbolismo que a peça transmite.

Com um enredo muito semelhante ao “Rei Lear”, de William Shakespeare, este conto da tradição popular foi adaptado para o teatro português pela escritora Alice Vieira. É uma história onde se fala de amor, de ingratidão e do que acontece a um rei quando é destronado.

Cávado. Esposende define prioridades na adaptação às alterações climáticas

O Município de Esposende promoveu hoje reuniões dos grupos temáticos, constituídos no âmbito do projeto da Comunidade Intermunicipal (CIM) Cávado que pretende capacitar o território de uma estratégia concertada e apresentar propostas de adaptação às alterações climáticas no território da NUT III Cávado. Participaram autarcas e técnicos municipais, elementos das áreas da Proteção Civil e Socorro, Saúde, Turismo, Economia e de Organizações Não Governamentais da Área do Ambiente.

Estas reuniões tiveram como objetivo ultimar a informação que servirá de base ao memorando final da CIM Cávado e que contribuirá para a definição das medidas a implementar pelos municípios desta área geográfica.
Estas reuniões (que decorrem nos seis concelhos da CIM) decorrem da aprovação da candidatura “Estratégia Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas no território da NUTS III Cávado”, cuja principal finalidade radica na identificação das vulnerabilidades da região e na definição de estratégias de prevenção.
Divididos em grupos setoriais que abordaram as temáticas da Agricultura, Florestas e Biodiversidade, do Turismo e Economia, da Energia e Transportes, da Governação, Saúde e Segurança de pessoas e bens, dos Recursos Hídricos e Zonas Costeiras e do Ordenamento do Território e Infraestruturas, os participantes definiram as ações prioritárias que atenderam a fatores como a eficácia e eficiência das medidas preconizadas, a sua abrangência, as responsabilidades e os custos associados e eventual financiamento.
Alexandra Roeger, vice-presidente da Câmara Municipal de Esposende, lembrou que este trabalho prospetivo é da maior relevância na medida em que, ao envolver representantes dos vários setores da sociedade com responsabilidades diretas e indiretas na gestão do território e dos seus recursos, permitirá a obtenção de um resultado final em que estarão espelhadas as preocupações e as expectativas de todos. É um trabalho colaborativo e de efetiva participação, assente numa ótica de envolvimento e trabalho em rede.
No final de todo o processo, os contributos serão partilhados pela CIM Cávado e pelos municípios envolvidos junto dos agentes sociais e da população em geral, com o intuito de planear e implementar as estratégias de minimização dos efeitos das alterações climáticas definidas para o território, esbatendo vulnerabilidades e capacitando a população.